:: SPORTING ATÉ À MORTE "Onde se Fala, Vive e Respira Sporting" :: Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria, o Lema do nosso Sporting :: A Temporada 2012/2013 está a chegar!!! Juntos venceremos. Força Sporting :: O Sporting não é só futebol, Apoiar as modalidades é uma obrigação de todos os Sportinguistas :: SPORTING ATÉ À MORTE, Desde 2007 a apoiar o Sporting :: Obrigado pela tua visita, volta sempre :: WWW.SPORTINGATEAMORTE.BLOGSPOT.COM - O Teu Blog

Futebol - Actualidade

Calma que ainda não é a serio

O Sporting defrontou este domingo o Sunderland, equipa que milita no primeiro escalão do futebol inglês, naqueles que foi o primeiro (segundo) teste da pré-temporada, desafio onde Paulo bento aproveitou para testar um novo sistema e o Sporting saiu com uma derrota pesada!!! Na primeira parte os leões alinharam num 4*4*2 clássico, ou seja, com os 4 médios dispostos de forma horizontal. Neste contexto, alinharam Rochemback e Adrien no miolo, e Izmailov e Pereirinha nas alas, sendo que se notou alguma falta de entrosamento no sistema. Na segunda parte os leões alinharam no habitual 4*4*2 em losango, com Rochemback atrás, Romagnoli à frente e Vukcevic e Izmailov nos vértices laterais. Neste jogo evidenciou-se, quer na primeira quer na segunda parte, um Sporting ainda muito fraco em todos os aspectos, facto comprovado pelo resultado final. Na baliza Tiago esteve normal, poucas defesas mas pouco mais podia fazer nos golos... Na defesa, a primeira parte até correu bem, embora o trabalho tenha sido quase nulo, fruto da maior protecção "oferecida" por um meio campo blindado, com Rocha e Adrien, na segunda metade foi o descalabro total, com um meio campo defensivo menos povoado, os 4 defesas leoninos mostraram debilidades em todos os lados, mesmo no centro, onde actuaram Tonel o Caneira... O meio campo esteve também muito abaixo do esperado, Rocha está pesado e a abusar nos passes longos, Adrien continua sem evolução e Pereirinha dá mostras de que vai passar muito tempo sentado no banco. Izmailov na primeira e Vuk na segunda foram os menos mal. Na frente foi a nulidade completa, Djalo voltou aos maus velhos tempos, trapalhão, ineficaz, deslocado e sem ponta de qualidade, Tiui seguiu-lhe as pisadas e Derlei esteve ainda pior, nem jogou nem deixou jogar, e quando tocou na bola perdeu-a de imediato.

Notas finais:
- O 4*4*2 clássico pode ser proveitoso a espaços, nomeadamente na champions pois trás maior consistência defensiva, mas não poderá ser utilizado como esquema base, pois as caracteristicas dos jogadores pende claramente para o losango.
- Estamos muito no inicio, mas jogadores como Pereirinha, Adrien e Djalo parecem estar claramente abaixo do nível que se pretende.
- Rochemback além de pesado!!!, abusou em demasia nos passes longos, tem de aplicar mais a sua boa tecnica, aparecer mais vezes junto da área e ser muito mais rápido no passe em zonas recuadas.
- Vukcevic "fugiu" varias vezes para o miolo, isso quererá dizer alguma coisa, não sr Paulo Bento???

3 comentários:

Visconde disse...

Foi de facto um mau começo, sobre o qual não quero retirar comclusões precipitadas. Vou aguardar para ver o desempenho no próximo fds, e aí a qualidade tem de ser outra, senão começa cedo o descrédito.
Vamos acreditar.

Abraço caro amigo

Virgílio Bernardino disse...

Armando: Concordo com o diagnóstico feito. Só não acho que o Roca tenha estado mal nos passes longos. Foi, aliás, apenas dessa forma que conseguimos surpreender a defesa inglesa... Roca e Izma, foram os melhores na pimeira parte. A segunda foi má demais e destaques só se for pela negativa. por isso, fica o comentário por aqui. Aguardo os próximos jogos para uma análise mais consistente...

Gd Abraço!

SL!

Verde CDV disse...

Não correu nada bem , mas não podemos entrar já em desepero e na critica fácil.
Temos de dar algum tempo, espero estar muito melhor para a Supertaça.
Abraço amigo Armando.