:: SPORTING ATÉ À MORTE "Onde se Fala, Vive e Respira Sporting" :: Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria, o Lema do nosso Sporting :: A Temporada 2012/2013 está a chegar!!! Juntos venceremos. Força Sporting :: O Sporting não é só futebol, Apoiar as modalidades é uma obrigação de todos os Sportinguistas :: SPORTING ATÉ À MORTE, Desde 2007 a apoiar o Sporting :: Obrigado pela tua visita, volta sempre :: WWW.SPORTINGATEAMORTE.BLOGSPOT.COM - O Teu Blog

Futebol: Carlsberg Cup

Decepção, incompetência e vergonha!!!

O Sporting perdeu este sábado uma das poucas oportunidades que ainda lhe restavam para credibilizar uma época completamente falhada e decepcionante, Paulo Bento perdeu mais um recorde, o da invencibilidade nas taças, e reduziu largamente a sua margem de manobra à frente do clube e acima de tudo, perdemos uma final frente um adversário claramente inferior, e perdoem-me dizer isto mas..., um adversário muito limitado, com dois ou três jogadores razoáveis, mas uma equipa muito comum e nada temível...

Antes de mais, o Sporting deve lamentar-se de si próprio, o alarme já estava dado e os três anteriores jogos já tinham mostrado o que poderia fazer o Setúbal, no entanto, os pupilos de Paulo Bento levaram estes sinais tão a serio que nunca arriscaram durante os 90 minutos de jogo, e o resultado final, 0 - 0, não foi mais do que um reflexo da incapacidade do Sporting em criar rupturas e desequilíbrios, fruto de uma actuação demasiado prudente e sem força física... Aliás, a deficiente condição física, já aqui debatida e rebatida, foi hoje mais do que evidente, tão evidente que por vezes até dava dó, tal era a forma quase "parada" com que os jogadores se movimentavam, parecendo que tinham peso nas chuteiras!!! Não se compreende como este problema que vem desde o inicio da época não tem cura, muito pelo contrario, cada vez são menores a "forças" dos nossos jogadores. Miguel Veloso foi um dos elementos que levou a deficiência física ao limite, sendo um verdadeiro arrastão dentro de campo, incapaz de criar uma ruptura, ou melhor, criando varias ma no sentido da sua baliza, pois teve algumas perdas inconcebíveis...

O dedo desta derrota deve ser igualmente apontado a Paulo Bento, desta feita com todo o vigor, pois foi perfeitamente disparatada a sua atitude de verdadeira inercia, não arriscando um palmo, algo que não se percebe quando o Sporting é hoje por hoje uma das piores, se não a pior, formação do mundo na cobrança das grandes penalidades!!! Para o nosso mister, vai também a responsabilidade de tão incompreensível proeza leonina de falar mais penaltis do que os que concretiza... São os jogadores que falham os penaltis, de acordo, mas quando se chega a um patamar tão desastroso a culpa tem necessariamente que ressaltar para fora, nomeadamente para o responsável máximo do grupo de trabalho, neste caso, Paulo Bento...

Para finalizar, dizer mais uma vez que o nosso futebol continua pobre, muito pobre, pobre de mais para continuar sem melhorias... Desde o inicio da época que este futebol trapalhão, sem agressividade e altamente "forçado", nos tem acompanhado, e volvidos varios meses não se vêm quais queres melhorias, muito pelo contrario... Resta dar os parabéns ao Setúbal, que com uma equipa manifestamente inferior, foi capaz de vencer um troféu de grande importância e mostrar que a organização poupa esforço e dá frutos!!!
Veja os penaltis... aqui

Dados da partida
Taça da Liga – Carlsberg Cup – Final
22 de Março de 2008
Estádio do Algarve
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)
Árbitros assistentes:
Ao intervalo: 0-0

V. SETÚBAL: Eduardo; Janício, Robson, Auri, Jorginho, Sandro, Elias, Ricardo Chaves, Bruno Gama (Paulinho, 67 m), Cláudio Pitbull e Leandro (Filipe Gonçalves, 79 m).
Treinador: Carlos Carvalhal
Suplentes não utilizados: Milojevic; Hugo, Adalto, Bruno Ribeiro e Bruno Severino.
Disciplina: Cartão amarelo para Sandro (69 m).
Nos penaltis Auri, Pitbull, Elias marcaram. Jorginho e Paulinho falharam.

SPORTING: Rui Patrício; Abel (Pereirinha, 63 m), Tonel, Anderson Polga, Grimi, Miguel Veloso (Adrien Silva, 79 m), João Moutinho, Izmailov, Romagnoli, Simon Vukcevic e Liedson.
Treinador: Paulo Bento
Suplentes não utilizados: Stojkovic; Gladstone, Yannick Djaló, Farnerud e Tiuí.
Disciplina: Cartão amarelo para Polga (40 m) e Miguel Veloso (49 m).
Nos penaltis Romagnoli e Moutinho marcaram. Polga, Liedson e Izmailov falharam.

Veja os penaltis... aqui

5 comentários:

Tiagojcs disse...

O titulo do teu Post diz tudo !

http://catedraldapalavra.blogspot.com

Visconde disse...

Concordo qd dizes que o Setubal é muito inferior ao Sporting, realmente é, mas o Setubal tem 11 jogadores que funcionam em conjunto, têm ambição e lutam para ficarem na história, já a nossa equipa é tudo menos isso. Falta de ambição, pouco esforço, nenhuma dedicação, devoção e glória.

Muito mau....

Abraço amigo

Tite disse...

Que se pode dizer que não tenha já sido dito...!!!
Aguardemos que os dirigentes também sintam vergonha para poderem alterar o "status quo" em que a equipa de futebol do Sporting se encontra mergulhada.

PPA disse...

Setúbal, 0 – Sporting, 0 (3-2 nas GP)

A 1ª final da história da Taça da Liga foi um jogo muito fraco de futebol, cujo resultado não poderia ser outro que não o 0-0 final.
A melhor oportunidade de golo apareceu já na 2ª parte numa bola parada esporádica, que bateu no ferro, e logo no 1º remate da partida da equipa que passou os 90’ a defender, o Setúbal. A outra equipa, se é que assim lhe podemos chamar, foi um conjunto de 11 jogadores que não mostraram vontade de vencer. Como é possível em 90’ não terem 1 único rasgo que tentasse decidir as coisas.
Desta vez nem do árbitro nos podemos queixar, pois se é verdade que ficou um 2º amarelo (vermelho) por mostrar a um jogador do Setúbal, logo aos 14' Abel devia ser expulso e ter sido marcado um livre bem perigoso contra o Sporting. Mas este cobarde teve medo de marcar, por carregar nas costas e na consciência tudo o que de mau já fez ao Sporting.
Quanto à partida em geral, Proença praticou a chamada arbitragem defensiva, nunca se querendo comprometer. (O meu amigo Apitador sabe do que eu estou a falar).
Evidentemente que o Sporting dominou estatisticamente o jogo, atacou mais, rematou mais, teve mais oportunidades, mas todas muito fraquinhas; como lhe competia.
O Setúbal fez o seu jogo, jogando para os penalties, onde sabia que quase de certeza ganharia, e por isso os meus parabéns.
Na decisão por penalties, era certo e sabido que o Sporting perderia, pois é a única equipa do mundo, que se saiba, que falha mais do que converte. Nem nos regionais!
E assim foi, apesar de Patrício defender 1 e um jogador Sadino falhar outro, o Sporting marcou 2 e falhou 3!!!
O problema não é perder nos penalties, pois isso pode acontecer, o problema é como o Sporting deixou o jogo chegar aos penalties! O problema é o Sporting em 4 jogos contra o Setúbal ainda não ter conseguido ganhar!
Taça merecida portanto para o Setúbal, não pela final, mas pelo percurso ao longo de toda a prova, onde mostrou ser a única equipa empenhada a 100% nesta competição, tendo eliminado pelo caminho equipas que lhe são superiores.
...
Paulo Bento
Como aqui já disse, este pseudo-treinador não tem mais condições de continuar à frente do Sporting.
Já não tinha, mas dei-lhe um desconto, exigindo que não falha-se em alguns objectivos, e este era um deles. Reprovou e portanto para mim Chumbou! RUA!
Já aqui tinha perguntado ao Camacho se não queria dar boleia a ninguém? Paulo Bento não a quis! Mas vai ter que dar o braço a torcer, pois não queremos no Sporting um idiota mais interessado em ganhar conflitos, muitas vezes pessoais, do que garantir vitórias para o Sporting. É do mais teimoso que existe, é mais teimoso do que um BURRO! Parece ter necessidade de provar coisas que só a ele interessam, quer ter sempre razão, mesmo quando não a tem.
Se Polga não consegue marcar penalties, porque quer ele a todo o custo que ele se torne num expert na matéria? Porque insiste em queimar o GR Stojkovic? E ao mesmo tempo arruinar a carreira do miúdo Rui Patrício? Porque não fez ele a 3ª substituição? Como escolheu ele a lista dos 5 jogadores que marcaram os penalties? Vuk não marcou porquê? Grimi não marcou porquê? Porque marcaram jogadores que andam traumatizados com essa questão? Como é possível o Sporting ainda não ter marcado uma única vez de livre directo? Como é possível o Bento dizer que não treinam penalties, quando é evidente que temos ali um problema essencialmente psicológico? Que medidas tomou o Sporting a nível da preparação psicológica dos jogadores?
Porque treinou o Setúbal no relvado do jogo da final e o Sporting prescindiu desse treino?
Estas são algumas das questões que provam que Bento não tem condições para liderar os Leões, e nem eventuais importantes conquistas, atenuarão a minha opinião.
Pelo que se viu, não me espanta que o Sporting saia da Escócia com uma goleada das antigas, pois a preparação psicológica da equipa é ridícula; e se calhar de entrar o 1º golo, temo que aconteça um descalabro.
E a vossa sorte é eu e o meu amigo Leão "Fenómeno" não estarmos em Lisboa... Por nós ainda estavam na baliza do Algarve a bater penalties! E por cada falhado levavam um biqueiro na peida! DIGNIFIQUEM O GRANDE SPORTING, BANDO DE CAGÕES!

http://bola-na-trave.blogspot.com/

PPA disse...

Afinal Unhais da Serra não fica na Covilhã!

Este conhecido jornalista, ou será jornaleiro? da RTP, relatou a final da Taça da Liga.
Paulo Catarro é natural de Unhais da Serra.
Desde que estudei na UBI na Covilhã em 1992/93, que fiquei a conhecer a simpática vila termal de Unhais da Serra, que pertence ao concelho da Covilhã.
Esta vila até tinha um interessante grupo folclórico, que dominava bem o instrumento adufe, e chegou a actuar “ao lado” da Tuna Já B’Ubi & Tokuskopos.
Mas descobri no último Sábado, que afinal estava profundamente enganado, pois afinal Unhais da Serra fica mesmo, mesmo no centro, na baixa da cidade de Setúbal;
Pois de outro modo não se explica o orgasmo de felicidade do Catarro!
Assim sendo só me resta dar também os parabéns pela Taça ao Catarro.
Até quando temos que levar com estes cromos nos nossos ecrãs?

http://bola-na-trave.blogspot.com/