:: SPORTING ATÉ À MORTE "Onde se Fala, Vive e Respira Sporting" :: Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria, o Lema do nosso Sporting :: A Temporada 2012/2013 está a chegar!!! Juntos venceremos. Força Sporting :: O Sporting não é só futebol, Apoiar as modalidades é uma obrigação de todos os Sportinguistas :: SPORTING ATÉ À MORTE, Desde 2007 a apoiar o Sporting :: Obrigado pela tua visita, volta sempre :: WWW.SPORTINGATEAMORTE.BLOGSPOT.COM - O Teu Blog

Futebol - Super Taça

Pum, Pum, Pum..., e lá vão três diante o porto e quatro no total...

O Sporting clube de Portugal voltou a conquistar a Super Taça, naquela que não passou de mais uma revalidação, a segunda, pois já no fim da temporada passada os leões haviam revalidado o titulo na taça de Portugal... Num jogo de alta intensidade, muito diferente da ultima edição da Super Taça, ambas as equipas entraram em campo com muita raça, lutaram muito e empenharam-se ao maximo, mas com o desenrolar da partida, pareceu claro que uma se destacava pela qualidade e organização... O Sporting desde cedo mostrou-se superior e sempre teve as melhores jogadas, mostrando que esta definitivamente pronto para o campeonato...

Onze sem (grande) surpresas...

Paulo Bento não surpreendeu no primeiro jogo oficial e colocou em campo o onze esperado, sendo a única pequena surpresa o jogador preterido para a natural e esperada inclusão de caneira, no caso Grimi, quando tudo fazia querer que seria Abel. No entanto o lateral direito fez um enorme jogo e foi mesmo dos melhores em campo, secou Rodrigues, atacou muito bem, e foi muito seguro em tudo o que fez. Quem também brilhou bem alto foi Patrício, com muita intranquilidade na primeira parte mas 1 ou 2 boas defesas na segunda e claro, um penalti defendido de forma exemplar... No meio campo Rochemback confirmou o que esperávamos, está ainda melhor agora do que antes, assumindo-se inclusive como o líder do meio campo, mesmo com as presenças de Moutinho, Romagnoli e Veloso... Já Izmailov foi simplesmente extraordinário, não fossem os dois golos de Djalo e tínhamos aqui a grande figura do encontro... O Russo já justifica o investimento, mostrando-se com a mesma entrega e qualidade táctica do passado, mas muito mais solto e confiante, não tendo medo de utilizar a sua soberba qualidade técnica em prol da equipa, algo que só muito timidamente fazia no ano anterior... Mas a estrela do jogo foi claramente Djalo, o felino ponta de lança leonino entrou com tudo, correu, driblou, insistiu, ajudou e marcou!!! Fez dois golos plenos de eficácia e eficiência... Cuidado Postiga e Derlei, quando o Liedson regressar!!!


Do "quase" aos "títulos" levados pelo "B"ento...

Esta conquista confirma a viragem do Sporting, se antes apenas "quase" ganhava títulos, agora com Paulo Bento, o Sporting confirma-se como um "papa-troféus"... Nos últimos dois anos já vão 4 taças, 3 das quais conquistadas contra o campeão em titulo, mostrando que foram todas conquistadas com enorme mérito... Deste modo estão mais do que lançados os dados para uma excelente época do leão, pois se no ano passado este mesmo troféu foi conquistado após uma exibição não muito conseguida, este ano o mesmo titulo foi fruto de uma enorme exibição... Ganhamos e ganhamos muitíssimo bem!!!

Notas Finais:


- Grande exibição de todo o grupo;
- Destaque para as exibições de Djalo e Patrício, dois jogadores que precisam mesmo de se afirmarem;
- Rochemback já marca ritmos e dá show no meio campo.

Dados da partida:

SUPERTAÇA CÂNDIDO DE OLIVEIRA
Local: Estádio Algarve
Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)

FC Porto: Helton, Sapunaru, Pedro Emanuel, Bruno Alves, Benítez, Guarín (Candeias, 69 m), Lucho González, Raul Meireles, Lisandro, Farías (Hulk, 55 m) e Rodríguez
Treinador: Jesualdo Ferreira
Suplentes: Nuno, Fucile, Rolando, Tomás Costa e Fernando
Disciplina: Cartão amarelo a Benítez (28 m) e a Rodríguez (91 m)

SPORTING: Rui Patrício, Abel, Tonel, Polga, Caneira, João Moutinho, Rochemback, Izmailov, Romagnoli (Miguel Veloso, 67 m), Derlei (Postiga, 81 m) e Yannick Djaló (Pereirinha, 90 m)
Treinador: Paulo Bento
Suplentes: Tiago, Grimi, Adrien e Tiuí
Disciplina: Cartão amarelo a Polga (10 m), Caneira (71 m) e Miguel Veloso (91 m)
Golos: Yannick Djaló (45 e 57 m)

6 comentários:

André Lopes disse...

"Paulo Bento não surpreendeu no primeiro jogo oficial e colocou em campo o onze esperado"
Srº Armando, não o percebo.
Não surpreendeu??!! Pelo menos a si devia surpreender, é que no seu 11 provavel, foram 4(!!) as diferenças.
Abel, grimi, veloso, romagnoli, não contando com o erro de posição de Caneira.

Viva o Sporting!!

PPA disse...

Penalty Xistra

Depois de expressões como o "Penalty Panenka", "Penalty Fidelidade", "Livre Indirecto por Corte"; surge agora o "Penalty Xistra".

Deixo aqui o repto:

- O que acontecerá neste Portugal, o que se vai escrever e dizer se por acaso o Sporting vier a beneficiar de um "Penalty Xistra" como ainda ontem lhe marcaram contra?

- Também espero pelo dia de "São Nunca" em que o clube dourado sofra um penalty destes.

Tite disse...

Amigo Armando,
Ganda post!
Cheio de alegria e fervor verdinho, pois claro!
Quando tudo corre bem, para mim há pouco a dizer...
A não ser que jogámos muito bem, com união, entre-ajuda, determinação e muita garra.
Quando assim é só podemos mesmo ganhar.
E com os "andrades", tal como com os "benfas", sabe mesmo muito bem!!!!
Abraços verdinhos

mpre27 disse...

Como é que os jogadores do Porto podiam dizer que a tinham atravessada. É que tem sido limpinho. Sem espinhas!

E lembram-se do Sapunaru dizer que não perdiam com o Sporting?

Abraço Leonino!

Visconde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Visconde disse...

É sempre bom entrar com o pé direito, sobretudo vencendo um troféu, mas apesar da boa exibição não podemos entrar em euforias há semelhança do que sucedeu o ano passado. É preciso pensar que temos 30 finais no campeonato e que devem ser disputadas com a mesma garra e ambição deste jogo.
Rumo ao titulo...

Grande abraço