:: SPORTING ATÉ À MORTE "Onde se Fala, Vive e Respira Sporting" :: Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria, o Lema do nosso Sporting :: A Temporada 2012/2013 está a chegar!!! Juntos venceremos. Força Sporting :: O Sporting não é só futebol, Apoiar as modalidades é uma obrigação de todos os Sportinguistas :: SPORTING ATÉ À MORTE, Desde 2007 a apoiar o Sporting :: Obrigado pela tua visita, volta sempre :: WWW.SPORTINGATEAMORTE.BLOGSPOT.COM - O Teu Blog

Futebol - Actualidade

Entre dois campeões sobressai humildade leonina...

A liga 2009/2010 ainda não começou, note-se que nem sequer a pré-época deu o ponta-pé de saída, mas a verdade, surpreendam-se os mais distraídos, é que já existem dois "campeões" para um campeonato que, se as regras não alterarem entretanto..., só uma das 16 equipas participantes pode vencer. O primeiro campeão veio da invicta, quando Jesualdo assinou pelos dragões um contracto por mais dois anos o "professor" prometeu mais dois títulos, ou seja, vencer já na próxima temporada... Mais recentemente, na apresentação de Jesus como novo técnico das águias, aquele que se auto-intitula o "rei" da táctica em Portugal não foi de medidas e prometeu... ser campeão também em 2009/2010. Ora, posto isto, já só faltava mesmo Paulo Bento e o nosso Sporting seguir o mesmo caminho, a apresentação do técnico leonino foi a ultima dos três e a imprensa não deixou escapar a oportunidade e interrogou o líder técnico verde e branco sobre a promessa do titulo... Mas qual foi a surpresa, não, desta vez não houve promessa do titulo, apenas a promessa de trabalho, muito trabalho!!! Claro que aqui a surpresa é relativa, ou melhor, assume uma postura de ironia, pois ninguém, pelos menos os Sportinguistas, esperavam outro discurso de um treinador muito serio num clube tradicionalmente respeitado e respeitador. Os outros dois treinadores foram pelo caminho mais simples, prometeram desde logo o titulo e "atiraram" por agora a pressão para trás das costas, já para não dizer que "caíram" nas graças de grande parte dos seus adeptos... Por sua vez, Paulo Bento preferiu seguir pelo caminho certo, claro que seria mais fácil fazer como os adversários, talvez assim não fosse acusado de falta de ambição, mas quem conhece Paulo Bento não podia esperar deste outra coisa. Paulo Bento sabe perfeitamente que antes dos títulos vem o trabalho, salvo raras excepções onde primeiro se ganha e só depois se trabalha..., mas isso é outra história, que espera-se não voltar a repetir por terras lusas..., afinal é isso que por cá tem acontecido, pese embora Paulo Pereira diga..., "Em Portugal já não há árbitros corruptos".

Neste caso, como entanto outros, o Sporting volta a ser duas coisas bem importantes..., a excepção e o exemplo. A excepção porque foi o único dos denominados "grandes" a prometer apenas trabalho, o exemplo porque foi o único clube realmente serio e realista, ou não fosse a promessa do titulo uma adivinhação impossível de se fazer nesta altura. Atenção, seria profundamente errado, ou é profundamente errado, associarmos esta postura do nosso Sporting como, "mais uma vez", uma postura sem ambição ou imputo vencedor, muito pelo contrario, devemos encarar estas palavras como o inicio de uma batalha, uma batalha dura e difícil de suportar, mas uma batalha onde tudo faremos para ganhar, e normalmente quem ganha não é quem fala, mas antes quem luta... A ambição para 2009/2010 tem de ser gigantesca, e ninguém deve duvidar que o Sporting, os seus dirigentes, a sua equipa técnica e jogadores têm-na de certeza. Começaremos este campeonato, assim como esperemos que todos os outros o comecem, mas no fim esperamos ser os primeiros, sem promessas, sem arrogâncias e sem desesperos de mostrar o que valemos, porque o sporting vale pelo que é e não pelo que ganha...

1 comentário:

fantasma do Óculo disse...

Prefiro discursos realistas, sem deixarem de ser ambiciosos, a vendedores de banha de cobra e professores com o rei na barriga.

Abraço Leonino!